fbpx

o blog do grandchef

7 Dicas Para a Gestão Financeira de um Restaurante

Manter um restaurante e uma boa administração requer muitos cuidados principalmente com a gestão financeira, já que isso é fundamental para que todo o resto vá bem.

Mesmo sendo um setor que normalmente está estável, sempre é preciso ficar de olho. Pois o setor financeiro é o responsável pelo crescimento de seu restaurante. 

Assim, pensando nas dificuldades que pode vir a enfrentar com sua gestão financeira, separamos algumas dicas neste artigo para ajudar você a administrar o seu restaurante ou bar. 

Sua gestão financeira não se trata apenas de cuidar do dinheiro da empresa, mas sim com os colaboradores, o ambiente, os produtos e serviços que oferecem. Além claro da opinião dos clientes e a segurança aos mesmos. 

Então, vamos às dicas.

1. Plano de negócio para restaurante

Sempre o primeiro passo para a criação de um restaurante é fazer um plano de negócios. Caso não saiba é um documento que estabelece as metas e os objetivos que sua empresa tem e planeja alcançar. 

Assim, um plano de negócio é o responsável por te guiar desde o começo da sua trajetória até conforme ela for seguindo. Desse jeito você consegue garantir seu funcionamento e ter sucesso em seu empreendimento. 

Novamente o plano acaba sendo dividido em 5 etapas, uma análise de mercado e concorrentes, plano de marketing, plano operacional, plano financeiro e análise de seu cenário. 

Todo esse planejamento precisa ser preparado antes de pensar em abrir as portas de seu restaurante. Para que seu investimento realmente vá caminhando como esperado, sem fugir demais do rumo certo. 

E conforme for crescendo irá anotando os resultados e adicionando novas metas e objetivos para conquistar.

2. Não esqueça de deixar as licenças em dia

Para evitar que receba multas, ficar legalizado ou até que seu restaurante feche as portas mantenha-se legalizado.

Assim, se houver inspeções de última hora dentre outros imprevistos, você estará em dia e sem problemas. O que te evita de ter maiores gastos também, por multas que pode adquirir. 

As principais licenças para restaurante são:

  • Alvará de funcionamento;
  • Auto da vistoria do corpo de bombeiros (AVCB);
  • Cadastro Municipal de Vigilância em Saúde (CMVS);
  • CNPJ;
  • IPTU do imóvel;
  • Procedimentos operacionais padrão;
  • Registro de compra dos alimentos.
gestão financeira

3. Fluxo de caixa

É indispensável você realizar um controle de tudo que rola no financeiro de seu restaurante. O fluxo de caixa é as entradas e saídas de dinheiro que ocorrem no negócio, ou seja o que deve ser muito bem fiscalizado. 

Assim, também leva em conta, tudo que há para receber, pagar e manter sua casa em ordem. Qualquer coisa que diga a respeito de movimentações em seu caixa fará parte deste fluxo. 

Dessa forma, conforme vai monitorando as despesas e ganhos, chega ao que é seu capital de giro, ou seja, o valor mínimo que precisa para manter seu restaurante funcionando. 

Para realizar essa gestão você vai precisar de uma forma de abrir e fechar o caixa diariamente. Esse trabalho pode ser feito manualmente, mas acaba levando muito tempo e ficando sujeito a erros que podem te causar problemas, por isso o indicado é usar um sistema de caixa para restaurante. 

Ele automatiza esse processo de abertura e fechamento de caixa, registrando todas as atividades realizadas durante o período. Um bom exemplo disso, é o GrandChef, um sistema de gestão completo especializado em estabelecimentos gastronômicos. 

Assim, seu financeiro fica sempre em dia, livre de falhas e ainda te proporciona todos os relatórios atualizados diariamente, com tudo que precisa saber. 

A melhor solução para controlar o financeiro do seu restaurante da forma mais prática e fácil, além de outras inúmeras vantagens.

4. Preços do cardápio

Decidir os preços dos itens que fazem parte de seu cardápio é uma tarefa bem difícil, mas que influencia diretamente na gestão financeira de seu restaurante. 

Porque acima de tudo a comida precisa ter um preço justo, mas sem deixar de te dar lucros, assim muitos cálculos precisam ser realizados. 

Levando em conta o preço dos ingredientes, dos profissionais que preparam, equipamentos, de manter o espaço e claro o seu lucro que retira disso. 

Além disso, ainda precisa ficar de olho na concorrência para ter uma noção se o preço está na média, mas claro não deve jamais abaixar para concorrer com alguém. 

 O importante é não desvalorizar seu produto e nem abusar demais do lucro que retira dele.

5. Evite desperdícios

Economizar e não desperdiçar alimentos e outros produtos é essencial para uma boa gestão financeira de restaurante. Parece que não, mas, um item bom jogado fora ali, uso de mais de certa coisa aqui, no final do mês todos somando geram alguns prejuízos. 

Além disso, é sempre importante manter uma economia de água e energia, não utilizando mais do que o necessário. 

Desperdícios, além de causarem prejuízos, ainda podem prejudicar o meio ambiente, assim sempre é bom se manter de forma mais sustentável.

gestão financeira

6. Saiba escolher seus fornecedores

Fornecedores também são uma ótima maneira de manter sua gestão financeira e talvez reduzir gastos. 

Conseguindo reduzir gastos por vezes encontrando fornecedores que disponham de produtos de qualidade por menores preços. 

Assim, é sempre bom por vezes fazer um levantamento dos preços com fornecedores confiáveis para saber com quem está compensando pegar as remessas de insumos no mês.

7. Controle de estoque

Ter um bom controle de estoque te auxilia a economizar em seu restaurante, já que com ele você consegue fazer as compras na medida certa. Sem deixar nada faltando e nem sobrando. 

Afinal, produtos que não ganham saídas por tempo demais no estoque correm o risco de estragar ou vender o que te gera prejuízo. 

Dessa forma, é importante que conheça as receitas, sabendo o que vai em cada e qual quantidade, para isso é ideal ter uma ficha técnica

Portanto, com um controle de estoque bem feito consegue manter tudo para continuar produzindo e sem perdas de produtos. 

O Sistema GrandChef, também tem em suas funções controle de estoque que te auxilia a manter mais uma parte de seu restaurante em ordem. 

Ele calcula tudo que entra e sai de seu estoque, registrando após cada venda a retirada do produto, dessa forma sempre fica ligado em qual quantidade de cada coisa ainda resta em seu estoque. 

Além disso, ainda possui um alerta de quando os produtos estão para ficar em falta. A melhor forma de manter todo o seu restaurante em controle é fazer vendas mais rápidas e práticas. 

Portanto, não perca mais tempo baixe agora o GrandChef gratuitamente e comprove os benefícios que ele trará a sua gestão.

gestão financeira

Descubra como ter seu restaurante na palma de sua mão de qualquer lugar em que estiver.

Receba Dicas de Graça!

Receba Dicas de Graça!

Julianna Giacobbo
Julianna Giacobbo
Formada em letras pela UNESPAR, apaixonada por livros, café e escrita. Redatora no Sistema GrandChef, buscando sempre trazer conteúdos relevantes a donos de bares, restaurantes e similares. Aspirante a escritora, sempre disposta a aprender coisas novas.

Mais Vistos da Semana

Compartilhe!

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn
Share on whatsapp
WhatsApp

Announce

Cadas
tre-se

logo nova degrade fanstama

Receba grátis dicas para o seu negócio turbinar as vendas

%d blogueiros gostam disto: