fbpx
logo grandchef

Abrir Cafeteria: Como ter um Negócio de Sucesso

Abrir uma cafeteria pode ser uma ótima opção de negócio, afinal o negócio vem crescendo muito no mercado brasileiro, sendo um dos itens mais consumidos no país. 

Dessa forma, o mercado brasileiro de cafeterias já está ocupando o segundo lugar no ranking mundial, perdendo apenas para os Estados Unidos. 

Mas levantamentos da ABIC (Associação Brasileira da Indústria do Café) mostram que os números continuam crescendo. 

Alguns dados mostram inclusive que o aumento do consumo de café teve crescimento extraordinário e que a busca por aquele cafezinho fora de casa está cada vez maior. 

Ou seja, abrir uma cafeteria se tornou uma ótima opção de negócio lucrativo, ainda mais, se assim como boa parte dos brasileiros você for uma amante do café. 

E é por isso que te trouxemos algumas dicas para como abrir uma cafeteria, vem conferir.

Neste artigo você irá conferir:

Qual a diferença entre café, cafeteria e Coffee Shop?

Em um geral, os três tipos de estabelecimentos têm funções em comum, como o de servir cafés, chás e outras bebidas, além de refeições mais rápidas para acompanhar. 

Assim, se quer entender e diferenciar mais essas três opções, saiba que as diferenças são poucas, mas existem, sendo denominados: 

Café: um restaurante pequeno, geralmente em área interna ou externa, com mesas na calçada. Aposto que já viu e sentiu vontade de estar em um desses não? 

Já a Coffee Shop é um termo em inglês para a nossa cafeteria. Por exemplo, nos Estados Unidos a Starbucks é considerada uma coffee shop. Neste caso a cafeteria e coffee shop tem o mesmo significado e características, ficando apenas a variação de nomes. 

O diferencial aqui é você poder decidir se quer algo puxando mais para o estrangeiro ou manter o bom e velho padrão nacional. 

abrir cafeteria

Tipos de cafeteria

Para muitos amantes do café, entrar em cafeterias é uma extensão do seu amor pela bebida. Existem diversas possibilidades para o ambiente, mas a maioria das cafeterias do país se encaixam na categoria de franquias ou lanchonetes. 

Mas, nada te impede de querer ter sua própria visão de negócio original e investir nela, abandonando os estilos de franquias. Assim, diversos estilos podem ser explorados, cafés com espaço para exposição de artes de artistas (locais ou não). E muitos outro que iremos abordar um pouco mais a seguir. 

Cafeteria “Brewery”

Esse é um estilo de cafeteria que se concentra na venda de diferentes tipos de grãos de café. E por muitas vezes oferecem opções de comidas como biscoitos, bolos e derivados. 

Não é tão comum oferecerem lugares para sentar, e quando oferecem são bem poucos, assim são ideais para locais de alto tráfego, onde a maioria das pessoas comprem pra levar ou permanecem pouco tempo. 

Assim, perfeitos para localizações como shoppings, perto de locais de centros empresariais, a possibilidade de lucros é alta e os investimentos mais baixos.

Cafeterias estilo de séries de tv

Em boa parte das séries famosas e conhecidas da tv é comum ter grupos de amigos que se reúnem sempre naquela mesma cafeteria, sentados em poltronas, com uma decoração mais rústica ao fundo e música ao vivo. 

Se sua ideia é um tanto baseada nisso e quer agradar a todos que sonham em frequentar lugares assim, pode abrir sua cafeteria deste estilo independente ou busca por franquias que já carregam esse estilo. 

Assim, opções de locais bons para esta ideia são, perto de cidades universitárias, ou em cidades mais pequenas. 

Dependendo de sua cafeteria pode acabar virando uma espécie de local de reuniões sociais, um local de trabalho e até estudo. 

Food Truck de café

Se a localização for certeira tem tudo para dar certo, o que não faltam hoje são espaços para localizar food truck, feiras e eventos em que pode expor e mais. E se tratando de feiras, melhor ainda, quem não gosta de um bom cafezinho após uma refeição.

Assim procure dar uma conhecida em quem seriam os concorrentes, o que eles oferecem e o que você pode fazer para se diferenciar. Inclusive vale buscar inspirações em quem já atua nessa modalidade em food truck e tem sucesso com isso. 

Normalmente essa modalidade apresenta custos flexíveis, seu maior foco é em cafés para viagem, preparando um bom café e embalando em copos descartáveis “to go”.

O que vender em uma cafeteria?

Uma dúvida bem comum em grande parte dos empreendedores que estão começando agora, por isso vamos te ajudar a se estruturar desde o básico até o mais criativo. 

Conseguindo elevar a sua cafeteria a muito mais que apenas um cafezinho e claro sem abandonar também o clássico. 

Bebidas

É claro que quando abrir uma cafeteria o que não pode faltar de jeito nenhum é muito café. A questão aqui é o poder de vender mais de um estilo de café e até outros itens que uma cafeteria comporte. 

Além dos mais comuns, expresso e café com leite, há muitos outros em que pode servir, como: 

  • Cappuccino;
  • Café cremoso;
  • Café Latte;
  • Mocha;
  • Frappuccino;
  • Macchiato;
  • Americano.

Esta é só uma base do principal listado como os mais populares do gosto do público. Mas existem outras inúmeras opções de cafés quentes e gelados nos quais pode investir, e uma grande variedade de chás também. 

A ideia aqui é ter variedades suficientes para agradar a seu público, as receitas de café não faltam. entenda a qual gosto precisa agradar e disponibilize o que for mais propício.

tipos de café para cafeteria

Doces

Sabe o que combina perfeitamente com um cafezinho? Isso mesmo deliciosos doces. Mas claro que entre tantas opções geram dúvidas, assim existe um cardápio básico para sua chance de erro ser mínima e agradar a maioria. 

Assim, os mais conhecidos como queridinhos são: 

  • Tortas variadas;
  • Cookies;
  • Donuts;
  • Brownie;
  • Biscoitos;
  • Pudim;
  • Bomba de chocolate;
  • Docinhos (brigadeiro, beijinho e outros).

Não é tão importante ter o foco de oferecer grande variedade de cada um dos itens, mas é legal que tenho opções maiores de docinhos. 

Salgados

Salgados também são partes indispensáveis do cardápio de uma cafeteria, é quando o assunto é quais salgados servir a resposta é bem mais fácil, pois a gente conhece os mais comuns do gosto popular: 

  • Esfihas de vários sabores;
  • Empadas;
  • Coxinha;
  • Tortas;
  • Pastéis;
  • Quibes e mais outros. 

A dica aqui é você variar entre os recheios deste itens acima. Dentre eles estar presente, frango com catupiry, carne, palmito, carne seca, quatro queijos, entre outros. 

A preferência é que os salgados sejam menos gordurosos, pois podem ser que muitos cafés sejam para viagem e ninguém irá gostar de ficar com a mão cheia de óleo no percurso para o trabalho, por exemplo.

Como montar o cardápio de uma cafeteria?

Agora que já temos em mente os itens para montar um cardápio para cafeteria equilibrado, vamos a estruturação deste cardápio

Como seu item principal continua sendo o café é interessante que ele seja sua primeira seção do cardápio, dispondo todas as opções que você, aí seguido de chás e sucos caso opte por oferecê-los e depois as opções de comidas. 

Lembre-se de colocar descrições em seus produtos, expondo os sabores dos doces e salgados. E seus cafés, mesmo que sejam cafés e que muitos devem conhecer as variedades, é interessante que coloque na descrição sua composição. 

Inclusive, aqui entra um outro ponto crucial para cardápios de estabelecimentos, alertar quem tem restrições alimentares que pode passar mal caso ingira algo que não lhe faz bem. Inclusive ter opções de cappuccinos e outros com leites vegetais para pessoas com intolerância pode ser um grande diferencial. 

Agora como você vai dispor o seu cardápio? O universo de opções é bem amplo nesta área.

São os cardápios tradicionais de abrir, cardápio panfletos, cardápios de parede, até os mais atuais cardápio digital e por QR code.  

Todos cumprem com seus deveres de expor os produtos, mas, caso queira nossa opinião, atualmente a opção mais prática, que exige menos gastos e te possibilita estar sempre atualizado são os modelos digitais. 

como abrir uma cafeteria

Os tempos mudaram, os consumidores mudaram seus hábitos e tecnologia é parte da vida de cada um. Porque não aproveitar disso também, seja moderno, inovador e ainda lucre em cima disso. 

O Cardápio digital possibilita atualizações em tempo real e sempre, não tendo de gastar com impressões, a cada vez que troque produtos os valores.

Eles são tão organizados quanto qualquer outro cardápio, tendo categorias, nomes de produtos, fotos, muitos ainda permite até criar promoções e inclusive fixadas no topo, como por exemplo os cardápios da grandchef. 

Portanto, um cardápio digital te permite economia, praticidade, agilidade de atendimento, por muitas vezes os clientes conseguem fazer pedidos sozinho só tendo a ganhar com isso. 

Quanto custa ter uma cafeteria?

O valor irá variar de acordo com tamanho, estilo da cafeteria, produtos que vai oferecer, equipamentos e mais. 

O que vale manter em mente é que o custo inicial sempre será bem mais alto do que o de manter o negócio ao longo do tempo. 

Mas quando for dar o pontapé inicial para começar tudo, já tem que ter em mente a média que gastará e evitar ao máximo passar deste valor. 

Uma média é que se gaste em torno de R$ 10 a R$ 25 mil reais para abrir uma cafeteria. Um investimento inicial que você busca recuperar seus lucros posteriores. E claro, sempre existem os casos de pessoas que conseguiram abrir uma ótima cafeteria com muito menos que isso. 

Quanto cobrar num cafezinho?

O cafezinho é o queridinho, mas assim surgem algumas dúvidas de quanto cobrar pela sua dose, e nisto vamos te dar uma mão. 

Claro que primeiramente deve fazer toda uma margem de custos de produção, quanto gasta, quantas doses rende, e tirar uma base que cubra os gastos e ainda este de lucros. 

Mas, algumas pesquisas realizadas por jornais mostram que o preço do famoso cafezinho, e uma dos maiores centros do país, São Paulo, custa uma média de R$ 3,50. Sempre havendo claro suas variações para menos em mais dependendo do local. 

Logo, essas pesquisas te dão uma média de quanto cobrar em seu café e não ficar por fora da faixa comum. Clientes nunca gostam de ser explorados.

Delivery de café

Isso mesmo que você leu, a modalidade de delivery para cafés também é aceita e acredite tem grandes chances de sucesso. 

Atendendo a toda a população que está com vontade de tomar um bom café da manhã ou da tarde, mas sem tempo para passar para buscar. 

Então, porque não expandir e oferecer todas as delícias que produz por delivery também? 

Delivery não é um bicho de sete cabeças quanto muitos pensam, basta ser bem planejado e o sucesso é garantido. Para este sucesso basta se concentrar nos seguintes passos: atendimento, preparo de pedidos, agilidade de entrega e embalagens. 

O atendimento é a primeira peça fundamental, ele é o primeiro contato e deve passar uma boa experiência ao cliente, gentil e atencioso, seja por WhatsApp, App delivery ou outros. De atenção ao seu cliente, recebe o pedido e esteja à disposição para tirar dúvidas. 

O preparo dos pedidos delivery deve seguir o mesmo padrão dos que vão para o salão. Mantendo qualidade e sabor, além de ter uma certa agilidade para não demorar demais. 

Falando em agilidade vamos ao terceiro ponto da entrega, devem ser feitas com excelência e rapidez. Falando tanto em agilidade pode te dar um tanto de medo, mas é fácil acompanhar esse requisito. 

Basta contar com ajuda da ferramenta ideal, que te possibilita receber pedidos de forma mais rápida e automática, te dá rotas mais rápidas e organiza tudo para você. Sim, essa ajuda é possível e existe, como o caso da grandchef

Com ele você cria seu delivery próprio, com seu cardápio todo personalizado com tudo, onde os clientes podem realizar pedidos e tudo vai automaticamente para o sistema. 

Mas, então não posso vender por aplicativos deliverys? Pode e deve, é por isso que a grandchef já está integrada aos grandes nomes do delivery, como iFood e aiqfome. Possibilitando que venda por todos, sem dores de cabeça, tudo vai pro sistema automaticamente assim que feito pedido. 

Além disso, ainda disponibiliza de rotas automatizadas, para facilitar seu tempo de entrega e garantir que tudo chegue antes que o cliente se zangue. 

Portanto, faça um teste sem custos nenhum, veja como revolucionar a sua cafeteria, com mais essa opção. 

baixe o garndchef grátis

Com a plataforma de pedido perfeita em mãos, capriche nas embalagens para manterem os produtos bem lacrados, sem vazar nem derrubar nada, e mantendo as bebidas quentes e geladas em sua temperatura até chegar na casa do cliente. 

Aí o sucesso de seu delivery é mais que garantido, de essa chance para você. 

Quais franquias de café posso investir?

Como já citamos neste artigo, as franquias de café são as mais aceitas e escolhidas pela maioria dos empreendedores no ramo de abrir uma cafeteria. 

E para te ajudar a ter uma ideia, separamos aqui franquias que apresentam grande nome, e resultados sendo bem populares Brasil afora. 

Além da grande Starbucks também existem outras várias cafeterias que carregam um nome, e podem te agregar muito. 

  • Sterna Café;
  • Toutsie Café;
  • MyCookies;
  • Bendito;
  • Croasonho Café;
  • Rei do Matte; 
  • Megamatte;
  • Mr Black;
  • Casa Bauducco;
  • California Coffee;
  • Café Cultura;

Receba Dicas de Graça!

Receba Dicas de Graça!

Julianna Giacobbo
Julianna Giacobbo
Formada em letras pela UNESPAR, apaixonada por livros, café e escrita. Redatora no Sistema GrandChef, buscando sempre trazer conteúdos relevantes a donos de bares, restaurantes e similares. Aspirante a escritora, sempre disposta a aprender coisas novas.

Escolhas do Editor

Mais Vistos da Semana

Compartilhe!

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn
Share on whatsapp
WhatsApp

Announce

Cadas
tre-se

logo nova degrade fanstama

Receba grátis dicas para o seu negócio turbinar as vendas

%d blogueiros gostam disto: